Companhia Animal Pet Shop

Pet Shop

Cheio 50%

Em formação


companhiaanimalpet.blogspot.com
+55 44 3055-2055
R. Arapongas, 4297 - Zona II, Umuarama - PR, 87502-180, Brasil
4
Encontrar mais informações -►

Localização

Descrição


Pet Fashion Week SP é a edição brasileira do mais respeitado evento americano voltado para o trade. Criado há mais de 5 anos, com edições anuais em New York e nos dois últimos anos também no Japão, o PFW busca atender as necessidades e demandas das mais sofisticadas empresas e profissionais da indústria pet. O evento oferece a designers e empresas a oportunidade de apresentar ao varejo seus produtos e inovações nos segmentos de moda, tosa e lifestyle. O Pet Fashion Week SP  teve sua primeira edição em Abril de 2010.

Área exclusiva para o desenvolvimento de novos negócios no mercado pet. Voltada para os profissionais da indústria e do mercado pet (donos de pet shop, veterinários, criadores, etc) o espaço contará com 40 estandes das mais renomadas marcas nacionais e internacionais que irão apresentar ao mercado brasileiro as principais novidades em roupas, acessórios e produtos para animais.

Convulsões, apoiar a cabeça e o corpo do animal para evitar que se machuque são atitudes importantes”. Ela explica ainda que não é recomendável esperar a crise passar para levar o pet ao médico.

Ouvidos, aparar as unhas ou o tratamento da infestação de pulgas e carrapatos podem se transformar em emergências caso não haja o acompanhamento necessário. Perfurações no tímpano, além de cortes e a aplicação inadequada do remédio são mais comuns do que se imagina, sem contar as doenças que podem ser geradas. “

Saúde de todos os pets. “Para evitar os problemas mais comuns, recomendamos alimentação com ração de qualidade, visitas periódicas ao veterinário para um check up, e um ambiente adequado ao animal e a

Eu já presenciei cães que “assistem” televisão. Sentados no sofá da casa, parecem até gente grande. Mas será que esses bichos incríveis veem o mesmo que nós, seres humanos? Para tirar essas e outras dúvidas sobre a visão dos cães, conversamos com a veterinária Alessandra Keidann. Confira abaixo algumas curiosidades sobre a visão canina:

Os cães enxergam em cores, no entanto, não da mesma maneira que os seres humanos. Eles não conseguem distinguir as cores que ficam entre o vermelho e o verde, mas podem ver vários tons de azul e podem diferenciar tons de cinza melhor do que os humanos (confira no quadro no final desse post).

Por ter evoluído de um predador, o lobo, o sistema visual do cão é adaptado para funcionar na sua melhor forma em baixa iluminação. Assim como nos humanos, as retinas são constituídas por uma mistura de bastonetes (células que detectam luz e movimento) e cones (células que detectam cores), mas com ênfase maior nos bastonetes. Como resultado disto, os cães precisam de apenas cerca de um quarto da luz que os humanos para ver as coisas à noite.

Os cães têm uma visão periférica melhor que a dos humanos, o que lhes permite ter um controle melhor do ambiente ao seu redor. São capazes de enxergar a longas distâncias, principalmente se o objeto estiver se movendo. Ao olhar para um objeto distante conseguem focar o que está no centro da visão, embora o restante da imagem apareça desfocado.

Cães podem detectar luzes piscando em uma freqüência alta. Isso significa que um cão pode ver quadros individuais em um programa de televisão, enquanto vemos uma cena contínua. Isto mostra o porque os cães nem sempre demonstram muito interesse em televisão, pelo menos na sua forma pré-digital.

Entretanto, alguns proprietários afirmam que seus animais “assistem” televisão. O que acontece é que estes cães estão acompanhando a luz, as cores e o som, mas não interpretam a televisão da mesma forma que fazemos. O cão não pode determinar o que os objetos na tela são realmente.

DICA extra: Os cães demoram mais do que os seres humanos para ajustar o foco da visão. Por isso vale lembrar de nunca chegar em casa correndo sem dar um tempo para o animal te reconhecer. Fale e deixe ele te cheirar. Não espere que ele “veja” que é você ou ele pode te atacar.

E por que um gato sai de casa? Por vários motivos, mas os principais: para namorar, para fiscalizar seu território, para caçar passarinhos, ratos, lagartixas, baratas e outros bichinhos e para fazer suas necessidades no quintal do vizinho. Aliás, diga-se de passagem, parece que eles não gostam dos vizinhos e nem os vizinhos deles.

Mesmo em inocentes voltinhas pelos telhados da vizinhança, os gatos podem ficar expostos a várias doenças. O contato com outros gatos nem sempre limpos e saudáveis e locais contaminados pode possibilitar a

Rinotraqueíte é conhecida como a gripe dos gatos. Causada por um vírus que ataca principalmente o sistema respiratório, é muito grave quando acomete os filhotes. O bichano fica com os olhos e o nariz cheios de secreção, e mesmo após o tratamento, a doença pode acompanhar o animal por toda a vida a cada queda de resistência.

Toxoplasmose é uma zoonose, ou seja, pode passar dos animais às pessoas e vice-versa. É especialmente grave se contaminar uma mulher no início da gestação. O protozoário mora no intestino do gato e a contaminação de humanos se dá através do contato com as fezes dos gatos contaminados.

Dipilidium é um dos mais frequentes. Transmitido pela pulga, parece um grão de arroz achatadinho e que se movimenta. Por isso, ao tratar verminoses nos gatos é indicado aplicar também um antipulgas, conforme orientação de seu veterinário.

Sarna é um ácaro que coloniza os folículos pilosos, principalmente nas orelhas e face. Existe também a sarna de ouvido, que forma aquela sujeirinha preta dentro do conduto auditivo. Como você sabe, as sarnas fazem os animais se coçarem o tempo todo.

Para mantê-lo em casa, o primeiro passo é castrá-lo. Assim você diminui bastante o desejo dele de dar uma escapadinha para namorar. Deixe sempre uma bandeja com areia higiênica para seu gato usar como banheiro. Troque a areia toda vez que ela estiver suja, senão ele procura outro lugar para suas necessidades e seu vizinho pode não gostar. Gatos não apreciam que suas tigelas de ração e água fiquem perto de seus banheiros, e estão certos nisso.

Uma última dica: quanto aos gatos caçadores e territorialistas, o conselho é castrá-los o mais jovem possível, antes que peguem o gosto de sair à rua. Fonte: http://bbel.uol.com.br/variedades/post/doencas-que-seu-gato-pode-contrair-na-rua/page1.aspx

Se você já sofreu nessa tarefa talvez vai gostar de uma novidade lançada pela Total Alimentos. É o snack Equilíbrio, que além de ser um petisco, possui uma abertura desenvolvida especialmente para acomodar cápsulas, comprimidos e pílulas.

O SNACK é vazado e possui uma tampa (feita do próprio petisco) para manter o remédio em seu interior. “O design especial unido à alta palatabilidade do alimento ajudam na eficácia dos tratamentos, que muitas vezes são interrompidos devido à dificuldade na administração do medicamento”, explica a médica veterinária Márcia Fernandes da Total Alimentos. O snack é indicado para cães de médio e grande porte, e você encontra na Companhia Animal.

Os dias ensolarados são um convite para um belo passeio com seu cachorro. No entanto, é importante evitar os horários mais quentes, proteger seu bicho dos raios solares do verão e mantê-lo sempre hidratado.

O Protetor Solar FPS 30, além de proteger a pele dos malefícios do sol, evita que o animal remova o produto através da lambedura, pois possui um sabor extremamente amargo. Segundo a Pet Society, a aplicação do protetor deve ser feita em regiões com pouco pelo como: focinho, ponta de orelhas, barriga e bolsa escrotal.

Já o Magic Bowl é um bebedouro portátil, feito em nylon impermeável, que facilita o fornecimento de água durante o passeio, pois é fácil de ser carregado e possui  rápida  higienização. O último item é o Multi-Groom que contém toalhinhas umedecidas multiuso que limpam, neutralizam o cheiro e promovem leve hidratação da pele, pelagem, mucosas e patas.

Organizações mais próximas